terça-feira, 20 de maio de 2014

Artigo sobre Dança do Ventre - I

É bem difícil de encontrar artigos sobre dança do ventre, mas aos poucos teremos mais contribuições, já que é crescente o número de instituições com graduações e especializações em dança. O artigo que trago hoje é de autoria de Alice Casanova dos Reis, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil e
Andréa Vieira Zanella,  Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil. Boa leitura!



"No presente artigo são apresentados os resultados de uma investigação que enfocou a dança do ventre com o objetivo de compreender de que modo essa atividade estética se concretiza e sua mediação na constituição do sujeito. Partindo das contribuições teóricas de Bakhtin (1993, 2003a) e Vygostki (1990,1999), delineou-se a arquitetônica conceitual sobre a qual se erigiu a análise empreendida e cujos pontos principais agora apresentamos. A dança do ventre é uma prática social historicamente constituída a partir de diferentes significados, consoantes com as características culturais do contexto em que se inseria (Bencardini, 2002; Hanna, 1999). No processo de seu desenvolvimento, perdeu sua função sagrada original e paulatinamente tornou-se parte do legado cultural árabe e uma forma de expressão artística, significados que predominaram em sua apropriação pelo Ocidente. No Brasil, ela é apresentada sobretudo em restaurantes árabes, além de ganhar cada vez mais espaço nos teatros, a partir de seu desenvolvimento em escolas de dança especializadas."

DANCE, AESTHETIC ACTIVITY OF BELLY. A CONSTITUIÇÃO DO SUJEITO NA ATIVIDADE ESTÉTICA DA DANÇA DO VENTRE. Psicologia & Sociedade, v. 22, n. 1, p. 149-156, 2010.

]http://www.scielo.br/pdf/psoc/v22n1/v22n1a18.pdf (Acesso em 20/05/2014)