segunda-feira, 26 de julho de 2010

Mais leituras...

Trechos do livro Sem Medo de Vencer, de Roberto Shinyashiki (Editora Gente)

"Vencer não é competir com o outro. É derrotar seus inimigos interiores.
É a própria realização do ser."

“Entre o sonho cor-de-rosa e o fracasso inevitável, existe uma saída. Conseguirá alcançá-la quem souber definir seus objetivos e acreditar na capacidade de atingi-los. Isso significa ter a consciência de que os objetivos realmente importantes de sua vida exigem de si o desenvolvimento dessa capacidade.”

“Assim são as pessoas: algumas adoram o sucesso, cuidam de suas habilidades, adubam sua capacidade e colhem muitas realizações. Elas sabem quem fracassos existem, mas não acontecem em sua lavoura.
Outras cultivam fracassos. Procuram por obstáculos, valorizam suas dificuldades, adubam suas limitações. Arrumam desculpas e colhem insucessos gloriosos. Sabem que existem sucessos, mas eles não existem em suas lavouras.”

“Castigar expressa a idéia de dar ao outro uma chance de aprender.”

“Às vezes, quando acontece a uma pessoa algo que a desagrada, ela pensa que Deus a está prejudicando. Ela não percebe que a situação, mesmo adversa, é uma oportunidade para se desenvolver.”

“O vencedor respeita seus valores e as pessoas. Sabe que, às vezes esse respeito pode retardar a colheita dos resultados do seu trabalho, mas não se importa com isso. Prefere esperar o momento. Não conquista suas vitórias caminhando sobre cadáveres. Não se utiliza de artifícios desonestos – primeiro porque contrariam seu coração e segundo porque sabe que este tipo de vitória destrói a confiança e o respeito que senti por si mesmo.”

“A ética nasce de uma atitude de amor e respeito em relação ao outro e a si mesmo. É saber escutar seu coração de deixá-lo guiar seus atos. Eis a ética do vencedor.”



“Justificativa é coisa de perdedor. Enquanto o vice explica, o campeão comemora.”